Congresso ACAERT reconhece o "Mérito Catarinense"

(19/05) Homenagem marcou a festa de encerramento

O 16º Congresso Catarinense de Rádio de Televisão encerrou na noite desta quarta-feira, depois de três dias de muita informação sobre tecnologias e tendências para o setor da radiodifusão.

O evento reuniu empresários e profissionais da comunicação, além de estudantes da área, que puderam acompanhar palestras e painéis que abordaram desde a atuação profissional do comunicador até os desafios para as emissoras, especialmente aquelas que têm pela frente a migração da faixa AM para FM.

O radiodifusor Saul Brandalise, presidente desta edição do Congresso promovido pela Acaert - a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão, considerou que o evento atingiu seu objetivo de agregar valor ao setor no Estado. "Tudo aquilo que nos propusemos a fazer, conseguimos atingir e espero que os radiodifusores tenham conseguido acrescentar valor às suas atividades diárias e os profissionais do jornalismo agregar mais conhecimento".

Carlos Alberto Ross, presidente do Sert - o Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão, também avaliou positivamente o Congresso da Acaert. "Os Congressos da Acaert sempre são sucesso. Trazem a Santa Catarina radiodifusores de todos os Estados do Sul, além de representantes da Abert. Esta reunião de companheiros da radiodifusão fortalece ainda mais o rádio e a televisão", enfatizou o presidente do Sert.

Para o presidente da Acaert, Rubens Olbrisch, o Congresso que teve como tema a credibilidade, evidenciou ainda mais o importante papel da mídia para a sociedade. "A imprensa hoje está com a credibilidade em alta, até mesmo por tudo o que ocorreu no Brasil nesses últimos meses.

Neste Congresso, discutimos a garantia e a continuidade do trabalho livre da imprensa e nos dedicamos a prestar muitos esclarecimentos aos radiodifusores, inclusive, sobre as regras de divulgação neste ano eleitoral. Estou satisfeito com a presença dos nossos associados e tenho certeza que este foi mais um Congresso de muito sucesso pra todos nós", afirmou Olbrisch.

O governador Raimundo Colombo prestigiou o jantar de encerramento do Congresso promovido pela Acaert. Ele elogiou a organização do setor da radiodifusão no Estado."O nosso setor de comunicação em Santa Catarina é muito eficiente e muito presente na vida dos catarinenses. A contribuição é muito grande e quanto mais o setor se organiza e discute a realidade, mais preparado fica para ajudar o Estado a superar as dificuldades que hoje temos que enfrentar neste processo de mudança, considerou Colombo. 

Mérito Catarinense

No encerramento do Congresso, pela primeira vez, a Acaert concedeu o título "Mérito Catarinense" a quatro personalidades que - além de valorizarem a radiodifusão catarinense - destacam-se em suas áreas para o desenvolvimento social e econômico de Santa Catarina. 

Receberam a honraria o empresário Antonio Koerich, pioneiro em marketing no varejo no Estado; o ex-deputado estadual Júlio Garcia, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, que quebrou paradigmas no investimento público de mídia; o industrial Glauco José Corte, presidente da Fiesc - a Federação das Indústrias de SC, por sua defesa ferrenha da Educação como forma de valorizar o ser humano; e também o radiodifusor Mário Gonzaga Souza Petrelli, que comanda o segundo maior grupo de comunicação regional do Sul do Brasil.

O Congresso Catarinense de Rádio e Televisão é realizado pela Acaert, a cada dois anos.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa ACAERT