ACAERT lamenta a morte do Diretor da Rádio Capinzal, Ademir Pedro Belotto.

(13/10) A celebração de corpo presente esta programada para segunda-feira. O sepultamento acontece no cemitério Frei Bruno de Joaçaba.

É com profundo pesar que a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT, comunica o falecimento do diretor da Rádio Capinzal, Ademir Pedro Belotto. Ele faleceu neste domingo, dia 12, e era membro do conselho consultivo da ACAERT. Belotto havia sido submetido a uma cirurgia para retirada de um tumor na mandíbula. O procedimento ocorreu no dia 2 de outubro na cidade de Pato Branco-PR. Porém, na noite de sábado, dia 11, após sofrer uma hemorragia interna, foi internado no Hospital Santa Terezinha de Joaçaba aonde veio a óbito por volta das 14 horas deste domingo.

O velório ocorre no Centro Social São Francisco de Assis. A celebração de corpo presente está programada para esta segunda-feira, 13, às 13 horas na Igreja Matriz São Paulo Apostolo, seguindo logo após para sepultamento no cemitério Frei Edgar de Joaçaba.

A ACAERT se sensibiliza com familiares, amigos e colegas de trabalho de Belotto. Com profundo respeito e solidariedade, desejamos força a todos para superar este momento difícil.

41 anos de história no rádio

Belotto era fascinado pelo que fazia. Em 01 de maio de 1973, aos 17 anos, Belotto teve o primeiro contato com aquela que seria uma das grandes paixões da sua vida: o rádio.

Foi nesse dia que ele estreou oficialmente na Rádio Caçanjurê de Caçador como operador de áudio e repórter. Durante alguns meses, diante das dificuldades de adaptação, Belotto conta que pernoitava em um colchonete improvisado dentro da própria emissora.

Ele trabalhou na Rádio Caçanjurê até junho de 1976 até se transferir para a Rádio Catarinense de Joaçaba. Foram mais 07 anos de intensa atuação como repórter, comunicador e noticiarista. Em 1983, diante de novas perspectivas profissionais, Belotto trocou Joaçaba por Chapecó e passou a atuar como representante comercial em empresas especializadas em máquinas pesadas.

Em junho de 1987, depois de um tratamento quimioterápico em Curitiba(PR), Belotto foi contratado pelos acionistas da Rádio Capinzal para gerenciar a emissora. Lá se vão 26 anos de dedicação e de grandes coberturas jornalistas. Há 13 anos ele também gerencia o Jornal A Semana.

Dono de uma voz marcante, Ademir Pedro Belotto cobriu eventos impactantes ao longo destes 41 anos. Narrou de maneira intensa a evolução de Capinzal, Ouro e região. Em 2001 foi homenageado pela ACAERT como maior locutor noticiarista de Santa Catarina.

Aposentado a aproximadamente 6 meses, Belotto se dedicava integralmente a gerência da Rádio Capinzal e do Jornal A Semana. Os prefeitos de Capinzal (Andevir Isganzella) e de Ouro (Vitor Faccin) já confirmaram o decreto de luto oficial por 3 dias.

Belotto foi casado com Juçara Maria Crippa Belotto. Com ela teve três filhos, César Augusto, Tiago Luiz e Thayana Larissa Belotto.

               

Arte produzida pela equipe da Rádio Capinzal em homenagem a Ademir Pedro Belotto. 

Fonte: Assessoria de Imprensa ACAERT