ACAERT reúne os artigos produzidos pela atual gestão da entidade

(06/11) Conheça o posicionamento e o pensamento da Radiodifusão de Santa Catarina

A ACAERT reuniu os principais artigos produzidos pela atual gestão da entidade. Foram assuntos: a representatividade da Radiodifusão, a campanha Jeito Catarinense, o Congresso Catarinense de Rádio e Teelvisão, combate à1 fake news, mobilização pela aprovação da Reforma da Previdência no Congresso Nacional, a importância do G-Sul, a Mídia Regional e seus propósitos, contra o aumento do Fundo Eleitoral e apoio ao pacote anticrime.

Representatividade
Uma das eternas bandeiras da Radiodifusão catarinense, defendidas pela sua entidade representativa, a ACAERT, sempre foi a busca do reconhecimento e valorização do segmento. Nas últimas décadas, várias ações foram implementadas para alcançar esse objetivo. Entre elas, o estreitamento das relações dos radiodifusores com as várias organizações que influenciam o dia-a-dia das emissoras de rádio e televisão. ÍNTEGRA

Jeito Catarinense  (Lançamento)
A representação da entidade envolve o compromisso das suas empresas associadas, todas na direção do compromisso social e na promoção do desenvolvimento econômico, bem-estar e a cidadania em nossa sociedade. ÍNTEGRA

Jeito Catarinense
Entendemos que a radiodifusão catarinense cumpre um papel relevante de incentivar o desenvolvimento social de Santa Catarina, valorizando os princípios básicos da cidadania, sendo, mais uma vez, referência para o Brasil.  ÍNTEGRA

Congresso Catarinense de Rádio e TV - Veículos Essenciais
Reafirmamos nosso papel social de produzir e veicular informação essencial e de qualidade, porque fazemos criteriosamente seleção de tudo o que é colocado no ar. Devemos ser o contraponto ao que está na internet e outros meios sem compromisso social.  ÍNTEGRA

Fake News
Entendemos que é essencial a missão das emissoras de Rádio e Televisão, além da mídia impressa, que sempre pautaram a informação prestada ao cidadão pela responsabilidade. Trabalho que contribui para o fortalecimento da democracia brasileira, garantindo a liberdade de expressão e o compromisso com a verdade.  ÍNTEGRA

Previdência - Câmara dos Deputados
Os veículos essenciais de comunicação devem cumprir sua missão mais uma vez, informando a sociedade, se posicionando em relação à necessidade da reforma. Entender a oportunidade que temos para melhorar o país. Aliás, toda a sociedade deve se posicionar, para que os parlamentares tenham segurança em suas bases de que estão fazendo o melhor para o Brasil. ÍNTEGRA

Previdência - Senado
Por isso, a hora é agora. E a responsabilidade é de todos. Novamente, a Mídia Regional não se furtará em se posicionar em favor do país e dos brasileiros. Reforçando a necessidade da reforma. Santa Catarina confirmará seu apoio às mudanças para um futuro melhor. É o Rádio e a Televisão a favor de uma Nova Previdência para um novo Brasil.  ÍNTEGRA

G-Sul
O “GSul” conta com a força de 921 emissoras de Rádio e Televisão (SC/ 278 – RS/ 333 e PR/ 310). Essa Rede pretende esclarecer a sociedade sobre a importância de enfatizar a defesa da promoção da Região do país. Nessa tarefa, é fundamental também a participação e engajamento das entidades empresarias e representativas. Desta forma, estaremos ajudando o Brasil a crescer, a superar os limites das suas demandas. Juntos, esse sonho é possível.  ÍNTEGRA

Mídia Regional
Não existe ninguém que entenda melhor da realidade da nossa gente e suas demandas do que a imprensa regional, que está conectada fortemente com o catarinense de todas as regiões. Santa Catarina é pauta diária em nossos veículos. Levamos a informação de qualidade e responsável, o serviço de utilidade pública, o entretenimento saudável e sadio. Enfim, a nossa conexão com o barriga-verde é concreta.  ÍNTEGRA

Fundo Eleitoral
É preciso estabelecer prioridades do gasto público, por isso não faz muito sentido, por exemplo, quase triplicar os gastos do Fundo Eleitoral, criado em 2017, para financiar a campanha dos candidatos. Atualmente, o valor é de R$ 1.3 bilhão, mas o Congresso Nacional quer passar para R$ 3,7 bilhões.  ÍNTEGRA

Pacote Anticrime
O pacote anticrime pretende envolver União, Estados e Municípios. Por isso, o Congresso Nacional precisa fazer a sua parte, aprimorando o que tiver que ser melhorado no pacote. Só não deve se omisso. E se depender da Mídia Regional, os parlamentares catarinenses terão o apoio necessário, como aconteceu na reforma da previdência.  ÍNTEGRA

Fonte: Assessoria de Imprensa/ACAERT