Autoridades destacam legado de Mário Petrelli

(22/04) Atuação do empresário é lembrada por lideranças empresariais e políticas

“Foi com grande pesar que recebi a notícia do falecimento, hoje à tarde, do grande brasileiro Mário Petrelli, fundador dos grupos de comunicação RIC, do Paraná, e ND, de Santa Catarina. Meus pêsames à família enlutada”, vice-presidente da República,, Hamilton Mourão.

“Neste momento triste que passamos da pandemia de coronavírus, perdemos um amigo, Mário Petrelli. Muitas as vezes que vinha à São Paulo eu o via. Mesma coisa quando eu viajava para o Paraná. Era um homem prestante, um homem que sempre estava disposto em ajudar o Brasil e as causas”, Fernando Herique Cardoso,ex-presidente da República.

“Com 84 anos de idade e 45 anos de atuação na área da comunicação, Petrelli deixa um legado de defesa da democracia e da liberdade de expressão em Santa Catarina”, Carlos Moisés, governador de Santa Catarina,  que decretou luto oficial por três dias.

“A morte de Mário Petrelli enluta a radiodifusão brasileira. A ABERT presta solidariedade à família, aos amigos e aos grupos ND Comunicação e RIC neste momento de dor”, Paulo Tonet, presidente da ABERT.

“Florianópolis, Santa Catarina e o Brasil estão em luto. Dr. Mário Petrelli nos deixa uma referência empresarial, de comunicação e relacionamento político. Um homem que compreendeu todas as transformações na sociedade. Exemplo de vida e de família”, Gean  Loureiro, prefeito de Florianópolis.

“Mário José Gonzaga Petrelli foi um grande homem na comunicação. Cuidou sempre, com independência, dos maiores valores da nossa sociedade, e, em particular, foi defensor da instituição da família. Sem dúvida, deixará um grande vazio, não nó para o Grupo ND, mas para o País”, Udo Döhler, prefeito de Joinville.

“A Amirt, em nome dos radiodifusores e emissoras de Minas Gerais, reconhece a importância de Mário José Gonzaga Petrelli para a comunicação de Santa Catarina e no Brasil”, Luciano Peres, presidente Amirt.

“O Mário tinha a característica de sempre aproximar as pessoas. Era a harmonia em pessoa. Realmente ele fez muito pelo nosso estado. Um empreendedor, de grande valor. Que estava sempre presente nas horas decisivas do nosso estado”, Raimundo Colombo, ex-governador de Santa Catarina.

“Santa Catarina ficou mais triste com o falecimento do empresário”, senador Jorginho Melo.

“Petrelli, uma figura querida em Santa Catarina, nos deixa memórias que jamais serão esquecidas e todo o conhecimento que compartilhou conosco durante sua louvável carreira”, Rubens Angelotti, presidente da Federação Catarinense de Futebol.

Fonte: Assessoria de Imprensa ACAERT