Cobertura das chuvas muda rotina de emissoras de Rádio e TV em SC

(06/06) Plantões priorizam informações da Defesa Civil, previsão do tempo e serviços para moradores das áreas atingidas

Imagem aérea da cidade de Lages, uma das mais atingidas (foto: CBMSC) 

A chuva que causa transtornos em quase 90 municípios catarinenses mudou a rotina das emissoras de Rádio e TV nos últimos dias. Para levar informações de utilidade pública aos moradores das regiões atingidas pela enxurrada, profissionais se revezam em plantões que priorizam entrevistas com especialistas da Defesa Civil, meteorologistas da Epagri/CIRAM e demais equipes de salvamento, como o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar.

As emissoras de rádio das regiões mais atingidas como o Alto Vale do Itajaí, Planalto Sul e Oeste catarinense estão empenhadas em orientar a população, dentro de suas áreas de cobertura, sobre os abrigos para receber desalojados, centrais de arrecadação de donativos e o monitoramento dos rios para alertar os morados de áreas de risco.

Já pelas emissoras de TV é possível acompanhar a dimensão das chuvas em todo o estado. As principais redes deslocaram equipes para as áreas mais atingidas, como Lages e Rio do Sul, de onde estão sendo ancoradas grandes reportagens nos principais telejornais estaduais e nacionais.

Na última terça-feira, o governador Raimundo Colombo esteve no Vale do Itajaí para avaliar a situação das cheias. O Governo do Estado anunciou uma série de medidas para amenizar os efeitos das chuvas em Santa Catarina.

Fake News

Além da prestação de serviços, muitas emissoras catarinenses estão ajudando a combater a proliferação de notícias falsas na internet, desmentindo imagens ou informações divulgadas sem a confirmação de fontes oficiais ou a devida apuração dos fatos. Apesar da tecnologia ter criado mais esse desafio na cobertura de eventos climáticos, as redes sociais também estão facilitando a troca de informações entre jornalistas e autoridades.

Destaque para os grupos de WhatsApp mantidos pela Defesa Civil e a Polícia Rodoviária Federal, que estão sendo atualizados em tempo real com informações dos rios e das rodovias em todo o estado. Informações que são repassadas quase que instantaneamente por jornalistas e comunicadores para ouvintes e telespectadores.     

Fonte: Com informações da Defesa Civil e Gov de SC FOTO: CBMSC