Impacto da publicidade na economia brasileira é maior que na Europa

(17/01) A pesquisa sobre a contribuição econômica da publicidade na Europa foi baseada em 17 anos de estudo (1998 a 2014) em 35 países

O retorno econômico do investimento em propaganda no Brasil é superior ao de países da União Europeia (UE). De acordo com a pesquisa “The economic contribution of advertising in Europe”, divulgada este mês, cada Euro gasto em publicidade gerou € 7 para a economia europeia. No Brasil, o impacto é quase 35% maior: para cada R$1 usado em propaganda, o retorno é de R$10,69, como mostra o estudo “Impacto da Publicidade na Economia do Brasil”, publicado em novembro passado.

A pesquisa sobre a contribuição econômica da publicidade na Europa foi baseada em 17 anos de estudo (1998 a 2014) em 35 países. Além do retorno financeiro, o estudo identificou que a propaganda gera quase seis milhões de empregos diretos e indiretos, o equivalente a 2,6% de todo o mercado da UE.

O estudo ainda estima que, em 2015, foram gastos € 99 bilhões em propaganda e, em 2016, a quantia aumentou para € 102 bilhões. Os investimentos renderam para a economia europeia 688 bilhões e 709 bilhões, respectivamente.

Outro ponto destacado na pesquisa é que a publicidade promove benefícios sociais e pessoais ao financiar os serviços de mídia. Assim, a população pode usufruir de informações e entretenimento de graça ou a um preço reduzido.

Realidade brasileira

O estudo sobre o impacto da publicidade na economia brasileira, realizado pela Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap), revelou que cada variação de 1% nessa atividade desencadeia variação de 0,07% no Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

Outro ponto abordado é a relação entre publicidade e imprensa. Direta ou indiretamente, o investimento publicitário suporta a independência e a pluralidade dos meios de comunicação.

A televisão e o rádio brasileiros apareceram entre os melhores e mais consumidos do mundo. Poucos países oferecem uma programação tão diversificada como as empresas de radiodifusão do Brasil.

Além da boa qualidade do produto oferecido pelo setor, os anunciantes encontram preços acessíveis para divulgar nas emissoras de rádio e TV brasileiras.

Fonte: ABERT