Mais duas emissoras de SC assinam a Migração AM – FM

(16/11) A rádio Caçanjurê, de Caçador, e a Difusora, de Imbituba, participam do último Mutirão da Migração de 2017, programado para 1º de dezembro

Na foto: Santa Catarina foi o primeiro Estado do Brasil a receber o mutirão da Migração AM - FM

Duas emissoras de Santa Catarina assinam os termos de adaptação de outorga da Migração AM – FM ainda este ano (relação completa). A rádio Caçanjurê, de Caçador, e a rádio Difusora, de Imbituba, participam junto com outros 30 emissoras do último mutirão da migração de 2017, programado para 1º de dezembro. A solenidade acontecerá no Ministério das Comunicações, em Brasília.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, está confirmado no evento.

O mutirão teve início por Santa Catarina (relembre aqui) e já passou pela Bahia, Rio Grande do Sul, Pará, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, São Paulo, Paraíba, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Até o momento, mais de 500 emissoras de rádio já assinaram o contrato para a nova outorga.

STATUS DA MIGRAÇÃO EM SC

Com a inclusão dessas duas novas emissoras, sobre para 20 o número de emissoras catarinenses que já assinaram o termo aditivo e estão em processo de Migração AM – FM. Destacando ainda que Santa Catarina já totaliza 22 novas FM’s que completaram a Migração.  (saiba mais AQUI)

As emissoras que migraram para FM têm 180 dias para devolver o canal AM. Das 1.781 emissoras de rádio AM existentes no país, 1.440 solicitaram a mudança e 1.006 já foram contempladas com o canal na faixa de FM. As outras emissoras irão migrar após o desligamento da TV analógica, quando serão liberadas as faixas 5 e 6, hoje ocupadas pelas TVs.

Fonte: ACAERT com informações da ABERT