Medida que adia pagamento do PIS/COFINS beneficia emissoras

(06/04) Ação é comemorada pela ABERT, ACAERT e demais entidades do setor

Foi publicada na sexta-feira (3), a portaria do Ministério da Economia nº 139, de 2020, que prorroga, dentre outros, o prazo de pagamento do PIS e da Cofins.

Com a publicação da norma, os vencimentos do PIS e Cofins de março e abril ficam adiados para julho e setembro de 2020.

O pedido de adiamento dos principais impostos federais é parte das ações da ABERT, com apoio da ACAERT e demais entidades estaduais, junto ao governo federal para socorrer o setor de radiodifusão dos prejuízos decorrentes da pandemia do coronavírus.

“Essa é uma das medidas que faz parte de um amplo pacote para aliviar os impactos da COVID-19 ao segmento da radiodifusão, pleiteados através da ABERT. Estamos acompanhando com otimismo a disponibilidade dos órgãos competentes por atender outros pedidos que foram feitos com o mesmo objetivo, de trazer alívio fiscal e econômico ao nosso segmento neste momento delicado” comemora Silvano Silva, presidente da ACAERT.

“Qualquer medida econômica que beneficie o setor representa um alívio para os radiodifusores, mas continuamos em contato com os órgãos competentes para que outras medidas específicas de auxílio às emissoras de rádio e TV sejam realizadas”, afirma o presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo.

Veja a íntegra da portaria aqui.

 

                                                                                                  

Fonte: Com informações da ABERT