Migrante de Santa Catarina desliga transmissor AM

(20/03) Rádio Clube de Lages encerrou simulcasting e a partir de agora transmite só em FM

Após ter sido pioneira da migração AM-FM no sul do país, a Rádio Clube de Lages deu o último passo do processo desligando o seu transmissor AM.  Após quase 70 anos na sintonia 690 kHz AM, a emissora passa a ser transmitida somente na frequência 98,3 FM.

O encerramnto foi realizado pelo Grupo SCC na manhã desta segunda-feira (20). O início do processo de migração aconteceu há mais de um ano e em agosto do ano passado a programação da Rádio passou a ser transmitida nas duas frequências- AM e FM- até que tudo fosse adequado para o desligamento definitivo da transmissão em AM.

O ato de desligamento do transmissor em AM foi acompanhado pelo presidente do SCC Roberto Amaral, vice-presidente de produto Beto Amaral, pelos comunicadores Manoel Correa (Maneca) e Daniel Goulart, além da equipe técnica e de engenheiros que trabalharam diretamente nessa migração. 

“É muito gratificante acompanhar esse processo de evolução e melhoria na qualidade da transmissão da Rádio Clube de Lages que, por quase 70 anos, levou informação na potência operando em 690 kHz. Agora na frequência em FM esperamos pelos próximos 70 anos de história da Rádio Clube, sem nunca desligar sua principal característica, que é ser a voz do povo serrano”, destacou Roberto Amaral.

A migração das rádios que operam na faixa AM para o espectro das FMs foi motivada devido à presença de interferências que acabam inviabilizando a sintonia das estações por parte dos ouvintes. “A Rádio Clube está evoluindo e trabalhamos muito em cima de planejamento, aquisição de equipamentos e instalação para que hoje esse ciclo fosse encerrado. A Rádio Clube AM deixa de existir e o processo de migração foi concluído com sucesso”, disse Beto Amaral.

 

Fonte: com informações do Acontecendo Aqui