Morre jornalista Paulo Henrique Amorim

(10/07) Profissional tinha 77 anos e passou por vários veículos de comunicação

A Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT lamenta informar o falecimento do jornalista Paulo Henrique Amorim, ocorrido nesta quarta-feira, aos 77 anos, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela esposa dele ao portal de notícias R7, da Record TV. Geórgia Pinheiro afirma que o marido teve um enfarte.

Ele estava na emissora desde 2003, onde apresentava o programa Domingo Espetacular. Porém, o jornalista estava fora do ar desde o mês passado. 

Paulo Henrique Amorim esteve em vários veículos de comunicação do país, como Globo, a extinta TV MancheteBandeirantesTV Cultura, revista RealidadeVeja.

O jornalista deixa esposa e uma filha.

Confira o currículo de Paulo Henrique Amorim

Formado em Sociologia e Política pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo 
1961 – Estagiário no jornal A Noite, no Rio, quando participou da cobertura da renuncia de Jânio e a resistência de Leonel Brizola, como rádioescuta e repórter  
64 – 66 – Repórter das revistas Manchete e Fatos & Fatos, da Bloch Editores 
66 – 67 – Repórter do escritório da Editora Abril, no Rio 
67 – 68 – Repórter da Revista Realidade  
68 – 70 – Primeiro correspondente da revista Veja em Nova York 
70 – 74 – Editor de Economia da revista Veja  
Recebe o “Prêmio Esso” de reportagem Econômica por um trabalho na Veja sobre a distribuição de renda. 
74 – 76 – Editor-chefe da revista Exame. 
Lança  “Melhores e Maiores” 
76 – 84 – Editor de economia, redator-chefe e editor-chefe do Jornal do Brasil  
84 – 85 – Editor-executivo do departamento de Jornalismo da Rede Manchete 
85 – 90 – Editor de economia, repórter e apresentador de programas econômicos da Rede Globo
90 – 96 – Chefe do escritório e correspondente da Rede Globo em Nova York 
93 – 96 – Colaborador do programa World Report da Rede CNN 
97 – 98 – Editor-chefe e âncora dos programas Jornal da Band e Fogo Cruzado da Rede Bandeirantes
98 – Jornal da Band e Fogo Cruzado recebem o prêmio de melhores programas  jornalisticos da televisão, da APCA, Associação Paulista dos Críticos de Arte    
99 – Coprodutor, editor e âncora do programa sobre economia “Conversa Afiada”, na TV Cultura 
99 – Realizou, diariamente, um chat sobre economia, real-time, no portal Terra 
00 – Portal UOL – diretor de jornalismo e âncora de um canal de noticias em broadband, UOL NEWS 
01 – “Conversa Afiada” recebe premio da Abrace – associação dos grandes consumidores de energia – pela cobertura do racionamento conhecido como “apagão do FHC”. E um “Oscar” da Associação dos Criadores de Gado Nelore pela cobertura da crise da “vaca louca” 
03 – 10 – Apresenta na TV Record os programas “Edição de Noticias”, “Tudo a Ver”, e “Domingo Espetacular” 
06 – 08 – Instala a estação Conversa Afiada no portal iG 
08 – Sai do iG e transforma o Conversa Afiada em site independente 
Em 87, escreveu o livro “De olho no dinheiro”, que teve sete edições.  
Em 2005 lançou, com Maria Helena Passos, o livro “Plim-Plim, A Peleja de Brizola contra a Fraude Eleitoral”, em terceira edição 
Em 2006, é um dos autores do livro “A Mídia nas Eleições de 2006”, organizado por Venício A. de Lima, Editora Fundação Perseu Abramo 
Tem uma filha maravilhosa e dois netos mais ainda. 

Fonte: