Reforma da Previdência: agora é a vez do Senado

(07/08) Confira editorial da ACAERT sobre o apoio da Mídia Regional à reforma

A vez do Senado

Depois de um processo árduo de conscientização, a Câmara dos Deputados deu o primeiro passo para a implantação de uma nova Previdência Social, com mais justiça para todos. Foi uma tarefa difícil com a pressão para a manutenção de inaceitáveis privilégios. Parabéns ao presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia, pela condução dos trabalhos e os deputados que votaram a favor.

Os deputados precisaram sentir confiança e apoio da sociedade, que clama por um país melhor. Neste sentido, a Mídia Regional, liderada pela ACAERT e por suas emissoras associadas de rádio e televisão, contribuiu ao se posicionar abertamente pela aprovação da reforma. 

Com discussões propositivas e espaço editorial esclarecendo a população das mudanças, mostrando os ganhos da sociedade ao combater benefícios e ao igualar os tempos e valores de contribuição. Fomos o contraponto da mídia nacional que parte dela se tornou há anos histérica e estéril, que abraçou a crítica destrutiva como linha editorial.

Durante meses, as emissoras associadas à ACAERT veicularam, em seus intervalos comerciais, campanha assinada por nossa entidade apoiando as transformações necessárias para que o Brasil volte aos trilhos do desenvolvimento. E os parlamentares de Santa Catarina não decepcionaram o seu povo. Dos 16 deputados federais, 15 votaram pela aprovação da reforma. 

E se o deputado se sentiu seguro em defender a reforma com seu voto, certamente é porque ele não será cobrado negativamente pelo seu eleitor, que entendeu através da mídia regional, a importância dessa reforma para o Brasil.

Agora é a vez do Senado Federal. E temos a certeza que os três senadores catarinenses também votarão por uma nova previdência social. Inclusive, com a inclusão de todos os Entes Federativos, uma vez que Estados e Municípios estão se inviabilizando no propósito de servir a população. 

Em Santa Catarina, o déficit da Previdência é de mais de R$ 3 bilhões a cada ano. A não inclusão forçará a discussão de outra reforma em breve, já que o período eleitoral do ano que vem impedirá que Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais apreciarem o assunto, levando Estados e Municípios à falência. Afinal, ninguém vai querer discutir reforma durante a campanha.

Por isso, a hora é agora. E a responsabilidade é de todos. Novamente, a Mídia Regional não se furtará em se posicionar em favor do país e dos brasileiros. Reforçando a necessidade da reforma. Santa Catarina confirmará seu apoio às mudanças para um futuro melhor. É o Rádio e a Televisão a favor de uma Nova Previdência para um novo Brasil.
Senadores, o futuro do país agora está em suas mãos. Não nos decepcionem.

Marcello Corrêa Petrelli
Presidente da ACAERT

Fonte: Assessoria de Imprensa ACAERT