Representante da ACAERT toma posse no Conselho Nacional de Comunicação Social

(08/11) Ex-presidente da entidade, Ranieri Moacir Bertoli, representa a radiodifusão catarinense

Representante da ACAERT toma posse no Conselho Nacional de Comunicação Social

Nas fotos: a cerimônia de posse dos membros da CCS, e sendo cumprimentado pelo senador Eunício de Oliveira, presidente do Senado Federal

O conselheiro, ex-presidente e atual vice-presidente de relação Governo e Mercado da ACAERT, Ranieri Moacir Bertoli, tomou posse nesta quarta-feira (8) em Brasília como membro do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional. A posse foi no Salão Nobre do Senado. Em seu discurso, o presidente da Casa, senador Eunício de Oliveira, ressaltou a importância do colegiado na defesa da liberdade de expressão e de imprensa. “Jornalistas e veículos devem ser responsáveis pelo que publicam, mas nunca devem ser previamente calados ou ameaçados por uma opinião, por uma notícia ou por uma informação. Este conselho representa uma importante linha de defesa da democracia”, afirmou. Ranieri é o único catarinense na atual composição do Conselho. “Serei o porta voz da ACAERT e em favor de seus associados, conforme orientação do presidente Marcello Corrêa Petrelli ,diretoria e conselho dos ex-presidentes”, destacou Bertoli.

A CCS tem como atribuição a realização de estudos, pareceres, recomendações e outras solicitações que lhe forem encaminhadas pelo Congresso Nacional a respeito do tema da comunicação social no Brasil.

Ao todo, o conselho reúne 13 integrantes titulares e 13 suplentes, que cumprirão mandato de dois anos, sendo três representantes de empresas de rádio, televisão e imprensa escrita; um engenheiro especialista na área de comunicação social; quatro representantes de categorias profissionais e cinco representantes da sociedade civil.

Sobre a CCS

Instituído pela Constituição de 1988, o Conselho foi regulamentado em 1991 e é composto por membros da sociedade civil, representantes das empresas de rádio, televisão, imprensa escrita, engenheiros com notórios conhecimentos na área de comunicação social e representantes das categorias profissionais dos jornalistas, radialistas, artistas e profissionais de cinema e vídeo.  Os membros do Conselho de Comunicação Social são eleitos em sessão conjunta do Congresso Nacional dentre nomes indicados por entidades representativas dos setores da comunicação social.

Sempre que um Senador ou Deputado Federal quiser, pode enviar um projeto de lei para que o Conselho de Comunicação Social dê um parecer com a opinião dos conselheiros sobre o tema em questão.

O Conselho de Comunicação Social foi criado pela Lei 8.389, de 1991, e possui Regimento Interno próprio, aprovado pelo Ato da Mesa do Senado Federal nº 1, de 2013.

Fonte: Assessoria de Comunicação ACAERT