Senador pede linha de crédito para rádios mudarem de AM para FM

(27/04) Uma linha de crédito especial é necessária para ajudar as emissoras, principalmente as pequenas, a concretizarem a transição de faixa de frequência

O senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) pediu na terça-feira, 25, em discurso no Plenário, que o governo crie linha de crédito específica para atender as emissoras de rádio AM que precisam migrar para a frequência modulada, ou FM.
 

Ele explicou que a extinção do serviço de radiodifusão local por onda média, onde estão as emissoras AM, foi determinada pelo Decreto 8.139/2013. A maioria das emissoras locais do país está agora em processo de migração para a faixa FM.

O senador disse que os custos dessa migração variam de R$ 8 mil até R$ 4,5 milhões, dependendo de fatores como potência do sinal e população do município. Para ele, uma linha de crédito especial é necessária para ajudar as emissoras, principalmente as pequenas, a concretizarem a transição de faixa de frequência.

“Devemos cuidar para que nenhuma empresa de radiocomunicação seja prejudicada”, afirmou Eduardo Lopes.

Fonte: Portal Comunique-se