SINDILOJAS Blumenau propõe adoção de alerta oficial de prevenção e níveis de cheias para órgãos de comunicação e poder público municipal

(29/05) Sistema contará com participação efetiva dos veículos de comunicação da Região.

O presidente do SINDILOJAS Blumenau, Emílio Rossmark Schramm, reuniu na manhã desta quinta-feira (dia 29), em café da manhã realizado na Casa do Comércio, executivos dos órgãos de imprensa do município e representantes da Defesa Civil blumenauense para discutir o funcionamento do sistema de alerta e prevenção de cheias.

A ideia apresentada pelo SINDILOJAS  foi a fixação de um sistema de alerta oficial para divulgar previsões e níveis de enchentes em Blumenau.  É grande a preocupação dos empresários lojistas quanto à divulgação de boletins durante as catástrofes que afligem a cidade.

"Uma informação precipitada causa enormes prejuízos aos lojistas, que dependem da divulgação da imprensa para desmontar a loja, retirar o estoque, e depois remontá-la. Entendemos que é possível mudar isso, adotando uma fonte oficial de informação, com boletins oficiais divulgados a cada 15 minutos", observou Emílio Schramm.

O secretário da Defesa do Cidadão blumenauense, Telmo Duarte, e o coronel César Luiz Dalri, diretor do Sistema de Monitoramento e Alerta de Eventos Extremos de Blumenau (Alerta Blu), explicaram como funciona hoje o sistema de alerta e prevenção local.

"A informação oficial do município é a divulgada pelo Alerta Blu, que tem convênio com Ceops da Furb para a medição dos níveis das cheias, e com o Ciram-Epagri para os dados meteorológicos", destacou César Dalri. Hoje, em caso de cheias, os boletins são disparados a cada trinta minutos.

"Teremos um grande reforço na previsão de cheias com o radar meteorológico que a Defesa Civil catarinense está instalando em Lontras, disponibilizando dados mais precisos com maior agilidade e tempo hábil", lembrou o secretário de Defesa do Cidadão.

 Um novo encontro para debater o assunto foi pré-agendado para o mês de julho.

O presidente da ACAERT, Rubens Olbrisch e o vice-presidente Jurídico, Carlos Alberto Ross, participaram da reunião.

Foto: Divulgação

Fonte: Assessoria de Imprensa SINDILOJAS Blu