Vendaval mobiliza cobertura especial de emissoras de Rádio e TV

(30/06) Vento também danificou antenas de algumas emissoras e deixou parques transmissores sem luz; mais de 15 relataram prejuízos

 

A passagem de um ciclone extratropical acompanhando de tempestades provocou muitos estragos em Santa Catarina na última terça-feira (30). Pelo menos 55 municípios registraram ocorrências como destelhamentos de imóveis, queda de árvores e falta de abastecimento de energia elétrica. Segundo informação da Defesa Civil, nove pessoas morreram por causa do temporal.  As rajadas de vento passaram dos 120 km/h em algumas regiões e  mais de 1,5 milhão de unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica.

O fenômeno meteorológico fez emissoras de Rádio e TV montarem coberturas especiais, mobilizando equipes para acompanhar o trabalho do Corpo de Bombeiros e as orientações da Defesa Civil de ajuda aos atingidos e socorro aos desabrigados. Desde o início da tarde, a ACAERT recebeu relatos de radiodifusores narrando as consequências da passagem do ciclone, que primeiro atingiu a região oeste e no final da tarde chegou ao litoral.

EMISSORAS ATINGIDAS

Em função da força do vento, diversas emissoras de Rádio e TV registraram prejuízos, antenas foram derrubadas e outras se partiram. Também houve problemas de abastecimento de energia o que deixou parques transmissores desligados.

Danos foram relatados pela Rádio Porto Feliz de Mondaí, Massa Fm Canoinhas, Rádio Educadora de Taió, SBT Santa Catarina, Rádio Cultura de Campos Novos, Rádio Clube de São João Batista, Rádio Continental de Coronel Freitas, Rádio Topical de Teze Tílias, 93 FM de Itapoá, Nova Fm de Ascurra e Indaial, Rádio Difusora de Rio Negro, Nevasca FM e Difusora Fm de São Joaquim, Rádio Vale de Tijucas, Rádio Mix de Bombinhas e Rádio 102 de Nova Trento, Band FM Chapecó entre outras emissoras. 

Uma rápida rede de solidariedade se formou em grupos da ACAERT, com radiodifusores se mobilizando para trocar antenas, contato de profissionais especializados ou comprando e emprestando equipamentos.

O presidente da ACAERT, Silvano Silva, manifestou sua solidariedade. “Lamentamos muito os prejuízos causados aos parques transmissores e antenas, mas estamos aliviados porque não houve informações de vítimas entre nossos associados. Triste ver o estado de Santa Catarina ser atingido mais uma vez por um fenômeno como esse, especialmente agora quando o foco estava no combate ao coronavírus. Mas tenho certeza que vamos superar mais este desafio, a resiliência sempre foi uma marca dos catarinenses”, afirmou.

Esta semana a ACAERT promoveu um WEBINAR sobre planejamento financeiro para pequenas e médias empresas (veja aqui), com objetivo de ajudar a amenizar os impactos da pandemia. Semana que vem a entidade deve realizar um novo WEBINAR voltado a esclarecer dúvidas sobre financiamentos com bancos públicos, para ajudar no pagamento de folha e até na aquisição de equipamentos danificados no vendaval. Informaçõe serão divulgadas nos próximos dias. 

Fonte: ACAERT