Tendências | Smart speakers devem crescer 12% em 2021, segundo estimativas

E o que isso tem a ver com o Rádio?

08/12/2021


 


 

As smart speakers, caixas de som com inteligência artificial, devem continuar avançando em comercialização neste ano de 2021. Os dados são da Kagan, um grupo de pesquisa da S&P Global Market Intelligence, que atualizou suas estimativas globais para o setor. Apesar de uma natural desaceleração, o crescimento desses dispositivos deve continuar em ritmo relevante neste ano, saltando para mais de 186 milhões de smart speakers comercializadas em todo o mundo. A Amazon, com sua linha de produtos de caixas de som inteligentes Echo, segue como líder de mercado.

Segundo a estimativa da Kagan, o avanço deverá ser de 12% em 2021, comparado com o ano anterior. Isso significa que o número global de dispositivos irá de 166 milhões para 186 milhões. O percentual de avanço neste ano é o mesmo na comparação entre 2019 e 2020, quando houve uma desaceleração do crescimento, algo natural quando um dispositivo se torna popular.

Para se ter uma ideia desse avanço, se comparado com uma linha do tempo maior, a Kagan aponta que em 2016 haviam apenas 6.5 milhões de smart speakers em todo o planeta, dispositivo que saltou em comercialização em apenas três anos, superando com facilidade a marca de 100 milhões a partir de 2019.

Quer receber notícias da ACAERT? Assine a newsletter - Assine aqui e receba por e-mail

 O que isso representa para o rádio?

 A briga entre as gigantes de tecnologia e, consequentemente o avanço desses dispositivos, é algo positivo para todo o ecossistema interessado no avanço das smart speakers. Essas caixas têm revitalizado o consumo de rádio em residências e a maior adoção do equipamento por parte da população pode ser benéfico para o meio.

Porém, depender de mais de um sistema operacional para distribuição de seu conteúdo, pode ter vantagens e desvantagens. A vantagem é não ficar "refém" de uma só empresa hegemônica no segmento e o problema é a necessidade de embarcar o streaming em mais sistemas operacionais distintos. As caixas de som inteligentes crescem em consumo no mundo inteiro e já impactam diretamente na audiência digital do rádio. A norte-americana Cumulus Media já destacou o tamanho que as smart speakers representam em sua audiência via streaming, caso semelhante da Antena 1 FM 94.7 de São Paulo em relação à Alexa, da Amazon.

Também há uma movimentação intensa do mercado brasileiro na promoção desses dispositivos e também na disponibilidade das estações nesses locais. Recentemente a Blue Med 013 FM Lite Rock FM 100.7 de Santos (SP) foi mais uma estação a investir nessa frente digital e a 89 FM A Rádio Rock FM 89.1 de São Paulo chegou a ser um dos destaques da Alexa, no Dia Mundial da Voz.

A Alexa também está envolvida no desenvolvimento da criação de entrega de publicidade personalizada e interativa através do streaming de rádios, conforme relatado anteriormente pelo tudoradio.com.

Reporter: Tudoradio.com

Últimas notícias