Rádio de ondas curtas leva informações sobre guerra contra Ucrânia

A transmissão utiliza frequências de rádio que podem viajar por longas distâncias e são acessíveis em aparelhos portáteis

07/03/2022

Enquanto a Rússia ataca os veículos de comunicação independentes do país, contrários à guerra contra a Ucrânia, a agência de notícias britânica BBC utiliza o rádio de ondas curtas para transmitir informações sobre a invasão ao país vizinho. 

A transmissão, popularizada durante a Segunda Guerra Mundial, utiliza frequências de rádio que podem viajar por longas distâncias e são acessíveis em aparelhos portáteis para transmitir notícias em inglês por quatro horas diárias, na capital ucraniana, Kiev, e em partes da Rússia. 

"Muitas vezes se diz que a verdade é primeira vítima da guerra", afirmou Tim Davie, diretor-geral da BBC. “Em um conflito onde a desinformação e a propaganda são abundantes, há uma clara necessidade de notícias factuais e independentes nas quais as pessoas possam confiar".

Quer receber notícias da ACAERT? Assine a newsletter - Assine aqui e receba por e-mail

Além de a Rússia determinar o fechamento de uma rádio histórica e de um canal de televisão, acusados, entre outras coisas, de divulgar “informações falsas sobre ações militares russas”, “extremismo”, “violência contra os cidadãos do país” e “violações da ordem pública e da segurança pública”, na terça-feira (1º), projéteis russos atingiram a principal torre de rádio e TV de Kiev. 

 

Reporter: ABERT

Últimas notícias