Rádio no mundo: Dispositivos on-line avançam no consumo de rádio na França. Meio lidera entre as plataformas de áudio

Segundo um levantamento da Mediametrie, o rádio ganhou mais de 500 mil ouvintes através de canais digitais em apenas 1 ano. E o meio corresponde por mais da metade de todo consumo de áudio local

17/06/2022


Não é apenas no Reino Unido que o rádio segue com um consumo elevado e com uma audiência digital crescente na Europa. A França, que foi destaque recentemente devido ao avanço do faturamento do setor de comunicação, também tem observado um crescimento rápido do consumo de rádio através de dispositivos conectados. Em apenas 1 ano, foram adicionados mais de 500 mil ouvintes através de aparelhos online para ouvir as emissoras de rádio. Outro dado importante é referente a ampla liderança do rádio no consumo de áudio. Os dados são relativos ao primeiro trimestre de 2022, confrontados com o mesmo período de 2021. 

Quer receber notícias da ACAERT? Assine a newsletter - Assine aqui e receba por e-mail

Os dados são da empresa Mediametrie, que mede o consumo de mídia na França. De acordo com o levantamento, 18,6% do consumo de rádio no país europeu está concentrado em dispositivos conectados, como smartphones (streaming de áudio), caixas de som com inteligência artificial (smart speakers), computadores/laptops, entre outros. Esse valor era de 17,4% no mesmo período no ano passado. O celular corresponde pela maior fatia, com 9,2% (totalizando 5.1 milhões de consumidores).

No geral, diariamente o rádio francês é ouvido por um pouco mais de 40 milhões de pessoas (com 13 anos ou mais), sendo que a forma mais utilizada para se ouvir as emissoras é através da recepção de rádio terrestre (seja o analógico FM/AM, onde o FM é amplamente predominante, ou o digital DAB, que está em expansão). No share de consumo de rádio, o formato via ondas terrestres representa 81,4% do total, sendo que no mesmo período do ano passado o valor estava em 82,6%.

Desses mais de 40 milhões de ouvintes diários de rádio na França, 8,8 milhões de pessoas consomem o meio através de dispositivos conectados, número que representa 15,9% da população de 13 anos de idade ou mais. 

Share da divisão do consumo de rádio

Em seu relatório de apresentação dos dados, a Mediametrie destaca que ouvir rádio em formato digital "é particularmente atraente para pessoas de 35 a 49 anos", faixa etária onde 22,1% do público ouve rádio em formato digital todos os dias). Já na demografia desses dados, a região de Ile-de-France é onde se utilizam mais dispositivos conectados para consumir rádio, com 19,8% do share. Essa é a área metropolitana onde está localizada a cidade de Paris.

Áudio em alta e com a liderança do rádio

A Mediametrie também revelou recentemente que 82,3% da população ouvem conteúdo de áudio todos os dias e 9 em cada 10 franceses (95,1%) ouvem conteúdo de áudio pelo menos uma vez por mês. Os dados são do levantamento especial chamado GlobalAudio 2022, que classifica o rádio como "a base do consumo de áudio".

E entre todos os formatos de áudio consumidos na França, o rádio mantém a sua liderança, sendo responsável por mais da metade do volume de audição. Trata-se de 57% do volume total de consumo de áudio por dia, incluindo 53% ao vivo e 4% sob demanda.

Em resumo, o áudio offline (que tem o FM e o DAB como principais representantes) representa 52% do total do consumo de áudio na França. Já o online tem 48% da fatia (aqui estão as distribuições conectadas de conteúdo de rádio, como o streaming ao vivo e também podcasts ou áudio sob demanda distribuído pelas emissoras).

Divisão do consumo de áudio na França

Reporter: Tudorádio.com

Últimas notícias